Voluntários da Defesa Civil recebem treinamentos para atuarem no Círio de Nazaré

Concentração e atenção no olhar voltado para as orientações de primeiros socorros. Cláudia Renata Santos estava atenta a cada detalhe da capacitação para os voluntários da Defesa Civil Municipal, que vão atuar durante as procissões do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, deste ano. Em seu primeiro ano como voluntária, ela sabe da importância de ajudar ao próximo.

“Eu fiz um curso de enfermagem anteriormente, fiquei sabendo, por meio de uma amiga. sobre as inscrições para ser voluntário e resolvi me inscrever. É uma forma de juntar o amor em ajudar ao próximo com os meus conhecimentos”, contou a voluntária.

Cláudia Renata Santos faz parte da turma de 80 alunos que participou do primeiro dia de treinamentos teóricos e práticos para os voluntários da Defesa Civil, na sede da Prefeitura de Belém, palácio Antônio Lemos, nesta segunda-feira, 23. O treinamento funciona com uma turma durante manhã e uma outra, à tarde. O voluntário recebe um treinamento de quatro horas, no qual aprende o básico dos primeiros socorros. As aulas vão ser ministradas durante duas semanas.

Segundo o coordenador de Operações da Defesa Civil, Claudionor Corrêa, a organização para a atuação dos voluntários no Círio começou desde o mês de maio, no processo de planejamento para as inscrições, cadastros de grupos auxiliadores e o treinamento dos voluntários.  “O voluntário começa hoje a ser capacitado para desenvolver a atividade de socorrista nas procissões que constam em todo processo do Círio”, disse o Claudionor.

Os voluntários da Defesa Civil se inscreveram na central de atendimento da Secretaria de Finanças (Sefin), no Comércio. As inscrições começaram no último dia 12 deste mês e iriam até o dia 25, mas foram encerradas mais cedo, devido ter sido alcançado o número planejado de 2 mil voluntários para atuar durante as procissões do Círio 2019.

“Nós vamos atuar nas principais procissões que são Trasladação, procissão do Círio de domingo, Círio das Crianças, Círio Jovem e Recírio. Essas são as procissões que têm o risco mais iminente de acidentes pela maior quantidade de romeiros”, explicou o coordenador.

Um desafio para quem vai participar pela primeira vez como voluntária no Círio, desafio que tem como base o amor e a fé em Maria. “Eu sei que vai ser um grande desafio, mas vou dar o meu melhor. Esse é o meu primeiro ano, eu sou uma pessoa que gosto de ajudar aos outros, isso fez eu me identificar com o trabalho da Defesa Civil, em ajudar quem está ali pela sua fé “, disse a voluntária Cláudia Renata Santos.

A Defesa Civil trabalha em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), que dispõe de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem em todos os postos de atendimento, que serão sete postos no sábado, 12, e oito, no domingo, 13.

Os voluntários recebem capacitação em primeiros socorros voltados para o Círio, se preparando para as principais causas de atendimentos que são desmaios, convulsão, ferimentos, fraturas e outros.

“A gente também trabalha na prevenção, na qual os voluntários são orientados a retirar o romeiro da procissão, se ele não estiver se sentir bem. A essa ação chamamos de atendimento preventivo”, explicou a técnica de enfermagem e instrutora das aulas, Lílian Oliveira.

A instrutora fala da importância da capacitação para os voluntários e também para os romeiros. “A segurança do voluntário e de todos que estão envolvidos é primordial. Nesse primeiro atendimento, ele aumenta a estimativa de vida da vítima. Além disso, ele leva o treinamento para dentro de casa na prevenção de acidentes domésticos, por exemplo”, ressaltou Lílian.

A importância do treinamento é reconhecida por Elane Silva, voluntária há quatro anos. Ela conta que sempre é tomada pela emoção ao ajudar ao próximo.

“Doar um pouco do que gente pode e sabe fazer para ajudar as pessoas é muito gratificante. Sinto uma emoção muito grande em trabalhar no Círio e ajudar as pessoas. Pretendo ser voluntária por muito mais tempo e quero me aprimorar, cada vez mais, para poder fazer bastante pelas pessoas no Círio”, contou a voluntária.

(Agência Belém)

Categoria:Círio 2019

Deixe seu Comentário