Pará tem novo caso de bebê morto com sinais de estupro no interior; pai biológico é preso

Bebê de 13 dias de vida morreu no Hospital Municipal de Santana do Araguaia, no sul do estado.

Na mesma semana, uma outra criança também morreu em Parauapebas.

Um bebê de 13 dias de vida morreu com sinais de estupro no Hospital Municipal de Santana do Araguaia, no sul do Pará. Segundo a Polícia Civil, o pai biológico da criança é o suspeito de cometer o abuso.

Ele levou a criança recém-nascida ao hospital e a Polícia Militar foi acionada, já que ele apresentava atitudes suspeitas.

O pai foi preso em flagrante e apresentado na delegacia da cidade.

O caso foi registrado pela Superintendência Regional do Arauguaia, na noite de sexta-feira (11). Outro caso recente Na última quarta (8), uma bebê de um ano e oito meses morreu com indícios de estupro em Parauapebas, sudeste do Pará.

Ela deu entrada durante a tarde no Hospital Geral do município com traumatismo craniano.

Padrasto e mãe da criança foram presos. A mãe levou a criança até o hospital e afirmou que a filha havia batido a cabeça, após uma queda.

No hospital, a equipe médica constatou que a bebê apresentava várias lesões nas partes íntimas, indicando que ela foi vítima de abuso sexual.

Categoria:Pará